Clipe de Daniela e Caetano é alvo de protestos e recebe milhares de dislikes


 

Lazer - 10/02/2019 - 17:12:41

 

Clipe de Daniela e Caetano é alvo de protestos e recebe milhares de dislikes

Clipe de Daniela e Caetano é alvo de protestos e recebe milhares de dislikes

 

Da Redação com UOL

Foto(s): Reprodução

 

Daniela Mercury e Caetano Veloso em cena do videoclipe de

Daniela Mercury e Caetano Veloso em cena do videoclipe de "Proibido o Carnaval"


O novo clipe de Daniela Mercury, "Proibido o Carnaval", parceria com Caetano Veloso, está sendo alvo de protestos e boicotes na internet, com uma avalanche de dislikes registrada na página da cantora no YouTube. Até o momento da publicação deste texto, na tarde deste domingo (10), o vídeo lançado na última terça já acumulava 155 mil desaprovações dos internautas, contra 72 mil likes.

O resultado negativo é fruto de uma campanha promovida por vários internautas ao longo da última semana, motivados pelas indiretas feitas na música ao governo de Jair Bolsonaro (PSL). No Twitter, multiplicaram-se críticas e posts pedindo que o clipe fosse recebesse dislikes em massa.

Na música, Daniela e Caetano fazem alusão à "censura" praticada pelo novo governo de direita, orientado por valores conservadores. Em um trecho da letra, Daniela chega a alfinetar a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, que afirmou que meninos devem usar azul e meninas, rosa.

"Abra a porta desse armário/ Que não tem censura pra me segurar/ Abra a porta desse armário/ Que alegria cura, venha me beijar", diz a música, cujo clipe foi rodado em um hotel no centro histórico de Salvador. A produção simula uma festa de Carnaval livre e "sem censura", com a presença de 14 bailarinos e 12 modelos.

O tom político desagradou os apoiadores de Bolsonaro. "Rosa, preto ou a cor que quiser! Se quer dar a rabeta, pode tbm! Só não pode mais usar dinheiro público! Quer fazer festão pra galera? Passa a mão no seu dinheiro, babão! Dinheiro do povo, NUNCA", escreveu uma usuária do Twitter. "O Carnaval nunca foi proibido! O que o governo não quer é verba pública bancando sua mamata, enchendo seu bolso", protestou outro.

Embora em menor número, também houve quem defendesse os artistas. "Que a mensagem de Proibido o Carnaval tome conta de nossas ruas nessa grande folia que toma conta do nosso Brasil, trazendo alegria, boas energias e muita disposição para a luta contra toda intolerância e ódio. Estejamos, como diz a música, vestidos de rebeldia, provocando a fantasia. Que venha o Carnaval."

Com a enxurrada de críticas, "Proibido o Carnaval" teve a área de comentários desabilitada pelos administradores do perfil de Daniela Mercury no YouTube. Os protestos, de certa forma, também ajudaram a divulgação do trabalho. Com mais de 1,8 milhões de acessos, o vídeo já é o mais acessado da página da cantora, que dedicou a produção ao ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL).

Caetano e Daniela ainda não se manifestaram diretamente sobre os protestos, mas, no Twitter, a cantora republicou uma citação atribuída ao poeta Fernando Pessoa. "A finalidade da arte não é agradar. O prazer é aqui um meio, não é neste caso um fim. A finalidade da arte é elevar."

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Prefeitura de São Bernardo promove 1ª Feira de emprego para jovens de 16 a 22 anos


Rússia é banida por doping e está fora de Tóquio 2020 e de Mundiais


Receita abre consulta ao 7º lote de restituição do Imposto de Renda


Bumba Meu Boi pode se tornar patrimônio imaterial da humanidade


Bolsonaro pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI


STF aprova compartilhamento total de dados financeiros da Receita Federal com o MP sem autorização judicial