Em São Bernardo, Ministro do STF apresenta palestra sobre os 30 anos da Constituição Federal


 

ABCD - 31/08/2018 - 20:02:34

 

Em São Bernardo, Ministro do STF apresenta palestra sobre os 30 anos da Constituição Federal

Em São Bernardo, Ministro do STF apresenta palestra sobre os 30 anos da Constituição Federal

 

Da Redação com agências

Foto(s): Omar Matsumoto / Arquivo

 

Convidado pelo prefeito Orlando Morando, ministro Alexandre de Moraes compartilha seu conhecimento sobre a Carta Magna para mais de 1.700 estudantes da Faculdade de Direito

Convidado pelo prefeito Orlando Morando, ministro Alexandre de Moraes compartilha seu conhecimento sobre a Carta Magna para mais de 1.700 estudantes da Faculdade de Direito


Conhecida como a “Constituição Cidadã”, a Constituição Federal completa 30 anos de sua promulgação em 5 de outubro. Para celebrar esse importante momento da democracia brasileira e também o aniversário de 465 anos de São Bernardo, o ministro do STF (Superior Tribunal Federal), Alexandre de Moraes, participou de uma conferência sobre as três décadas da Carta Magna nesta sexta-feira (31/08), no auditório do Cenforpe, para mais de 1.700 estudantes da Faculdade de Direito de São Bernardo.  

A conferência também contou com a presença do prefeito Orlando Morando, do presidente do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral), Carlos Eduardo Cauduro Padim, que também é professor da Faculdade de Direito São Bernardo, e de seu diretor, Rodrigo Gago, da primeira-dama de Santo André, Ana Carolina Serra, dos secretários municipais, vereadores, autoridades e membros da sociedade civil.

Moraes foi convidado pelo prefeito Orlando Morando em uma agenda realizada em Brasília (DF), em 6 de junho. “É uma grande alegria que recebemos o ministro do STF. Fizemos esse pedido por meio do dr. Rodrigo Gago, diretor da Faculdade de Direito. O ministro Alexandre de Moraes é um expoente do STF, sendo o mais jovem a integrar essa corte. Possui uma carreira jurídica exemplar, reconhecido no meio acadêmico e uma vasta experiência no Poder Executivo como secretário municipal, de Estado e Ministro. É um profundo conhecedor da Constituição Federal. Tenho certeza de que os alunos da Faculdade de Direito se beneficiarão do vasto conhecimento  compartilhado por ele”, afirmou o prefeito Orlando Morando. 

Pouco antes de iniciar sua palestra, Moraes lembrou de quando foi promotor criminal na cidade, entre os anos de 1993 e 1994, no período em que o Fórum ficava localizado onde hoje é a Pinacoteca de São Bernardo. Nesse período, também ministrou cursos preparatórios para os promotores da região, na Faculdade de Direito. Para o ministro, o Brasil conquistou inúmeros avanços graças à promulgação da “Constituição Cidadã”, como foi nominada pelo ex-deputado Ulisses Guimarães, que foi o presidente da Câmara Federal durante a Assembleia Constituinte. 

“A redemocratização e a Constituição colocaram o Brasil nos trilhos. Avançamos muito, com a universalização da Educação e a implantação do SUS. Sei que o SUS precisa de aprimoramento, mas o que grande parte da população não sabe é que mais avançada que o Obamacare. Demos um salto de qualidade nesses 30 anos, mas ainda precisamos evoluir muito. E isso só será possível após a Reforma Política”, afirmou. 

Rodrigo Gago, diretor da Faculdade de Direito, não escondeu a satisfação em ver o grande público no auditório. “Isso demonstra o interesse de nossos alunos em saber ainda mais sobre a Constituição Federal. Esse dia entrará para a história da instituição, pois recebemos um ministro e um professor renomado. Isso dá ainda mais prestígio à nossa Faculdade”, finalizou.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Receita abre nesta sexta-feira consulta ao sexto lote do IRPF


TSE investiga se hackers invadiram sistema da Justiça Eleitoral antes da eleição


Moro e Bolsonaro se encontram para conversar sobre convite para o Ministério da Justiça


Bolsonaro acusa Folha de espalhar fake news e indica fim da EBC


Fies: aditamento do financiamento começaram dia 29 e segue até novembro


Vídeo com suposta orgia entre João Doria e cinco mulheres é montagem, aponta perícia