ABCD - 01/11/2017 - 04:26:49

 

Eletropaulo substitui semáforos em São Bernardo

Eletropaulo substitui semáforos em São Bernardo

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Substituição de 4.547 lâmpadas incandescentes por lâmpadas de LED em semáforos de São Bernardo do Campo

Substituição de 4.547 lâmpadas incandescentes por lâmpadas de LED em semáforos de São Bernardo do Campo


A AES Eletropaulo informou que está investindo R$ 1,4 milhão na substituição de 4.547 lâmpadas incandescentes por lâmpadas de LED em semáforos de São Bernardo do Campo (SP). Até o momento já foram realizadas 751 trocas, o que confere maior eficiência à sinalização. A obra faz parte do Programa de Eficiência Energética da distribuidora.

Além da modernização em suas estruturas, as lâmpadas de LED proporcionarão uma economia estimada em 1.089 MWh/ano, 87% menor em relação ao consumo atual e equivalente ao consumo de aproximadamente 480 residências. A conclusão do projeto está prevista para dezembro deste ano.

As lâmpadas de tecnologia do tipo LED possuem aproximadamente vida útil 5 vezes maior em relação às lâmpadas incandescentes, o que diminui, substancialmente, os desligamentos dos semáforos e os custos de manutenção.

Outro item importante é o fato das lâmpadas de LEDs não apresentarem “efeito fantasma”, ou seja, o efeito produzido pela incidência da luz solar nas lâmpadas dos semáforos, o que produz a falsa sensação de semáforo ligado, confundindo o usuário e podendo causar acidentes.

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




MPE quebra sigilo bancário do prefeito de São Caetano, Auricchio Jr, e de seu vice, Beto Vidoski


Com Nota 1.000, São Bernardo impulsiona cidadania fiscal em estabelecimentos de serviços


Secretaria da Saúde de São Bernardo promove o 1º Congresso de Urgência e Emergência


Com gestão Orlando Morando, São Bernardo abre mais de 1.700 vagas para cursos gratuitos de qualifica


Em São Bernardo é aprovada a Lei de Diretrizes Orçamentárias de R$ 5,2 bilhões e autorizada concilia


Santo André é pioneira e realiza Simpósio Regional de Doenças Raras