Internacional - 11/06/2017 - 12:53:29

 

Franceses vão às urnas para primeiro turno das eleições legislativas

Franceses vão às urnas para primeiro turno das eleições legislativas

 

Da Redação com EFE

Foto(s): EFE

 

Macron deve obter maioria

Macron deve obter maioria


Os colégios eleitorais abriram, neste domingo (11), no território metropolitano da França, às 8h (horário local, às 3h de Brasília), no primeiro turno das eleições legislativas, que renovarão a composição da Assembleia Nacional. 

A votação nos 67 mil locais habilitados acontecerá até as 20h (horário local, 15h de Brasília) nas grandes cidades do país, entre elas a capital, Paris. Porém, nas menores zonas o encerramento será duas horas antes.

Os departamentos de ultramar votaram ontem e as circunscrições francesas no exterior fizeram na semana passada.

Cerca de 47,5 milhões de eleitores devem comparecer às urnas para renovar as 577 cadeiras do Parlamento francês. As pesquisas apontam que o "Em Movimento", partido do presidente Emmanuel Macron, conseguirá uma ampla maioria, dentre 397 e 427 lugares.

Os Republicanos, com uma projeção dentre 95 e 115 cadeiras, ficariam em segundo lugar.

Já os socialistas, segundo as projeções das pesquisas, ficariam com menos de 40 deputados, enquanto que o ultradireitista Frente Nacional (FN) e o esquerdista França Insubmissa apresentam dificuldades para alcançar 25 necessários para formar um grupo.

O governo mobilizou 50 mil policiais, que se juntarão aos militares da operação antiterrorista Sentinelle, para garantir a segurança durante as eleições, cujo segundo turno acontecerá no próximo dia 18. 

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




População de São Bernardo faz manifestação contra a invasão do MTST


São Bernardo vai construir 800 moradias no Cooperativa e firma política habitacional sólida


Prefeitura de São Bernardo divulga nota sobre a invasão de membros do MTST


OAB suspende registro profissional do ex-procurador Marcello Miller por 90 dias


Dissimulado é ele, diz defesa de Palocci sobre declarações de Lula


Lula diz a Sérgio Moro que Palocci mentiu para conseguir benefícios da delação